Category Archives: Como Viver Bem

Dieta para perder barriga

By   março 15, 2017

Dieta para perder barriga

 

Comer frutas e verduras todos os dias… Eu sei que é uma atitude difícil!

Uma barriga lisinha é o desejo comum de mulheres e homens, mas para chegar lá é essencial manter uma dieta equilibrada e fazer atividade física com frequência, incluindo exercícios que trabalham os músculos do abdômen.

Existem alimentos que ajudam a perder barriga e outros que fazem inchar e aumentar a gordura localizada.

  • Beber água, comer iogurte e alimentos ricos em fibras solúveis como maçã, maracujá, ameixa e aveia são atitudes que ajudam o intestino a funcionar bem e reduzem a gordura abdominal.
  • Kiwi, morango, laranja, acerola, goiaba e tangerina são ricos em vitamina C, um potente antioxidante. As frutas vermelhas e roxas também apresentam atividade antioxidante. A atividade antioxidante das frutas ajuda a combater a gordura abdominal porque a gordura cria um tipo de inflamação.
  • A gordura encontrada no abacate ajuda a perder barriga se consumido com moderação. Além disso, o abacate é rico em magnésio que ajuda a relaxar os músculos e reduzir o inchaço e a vontade de comer doces.
  • A lichia ajuda a queimar a gordura abdominal devido a presença da substância cianidina.
  • As verduras ajudam a melhorar o metabolismo. Couve, salsinha e agrião têm atividade diurética, que reduz a retenção de líquidos acumulados na barriga.
  • Beterraba, acelga, quiabo e alcachofra são ricos em magnésio.
  • Berinjela é rica em fibras solúveis.
  • As sementes de lino e de chia ajudam na perda de peso e na redução da gordura abdominal porque são ricas em fibras solúveis que dão saciedade. Além disso, estas sementes são ricas em ácidos graxos ômega-3 que possuem atividade anti-inflamatória. O melhor modo de consumir estas sementes é triturá-las para poder obter o ômega-3 e conservá-las no freezer protegidas da luz, do oxigênio e das oscilações de temperatura para evitar a oxidação.
  • A infusão de hibisco faz com que menos gordura se acumule no abdômen e nos quadris devido a atividade antioxidante dos flavonoides antocianina e quercetina. A infusão de cavalinha ajuda na redução da retenção hídrica. As infusões de menta e hortelã ajudam na digestão e reduzem a formação de gás. O chá verde ajuda na perda de peso porque apresenta efeito termogênico.
  • Nenhuma estratégica para emagrecer funciona sem água porque o bom funcionamento do organismo depende da água, seja para queimar a gordura, seja para eliminar as toxinas ou fazer o intestino funcionar bem. A quantidade de água ao dia depende de pessoa a pessoa de acordo com a alimentação e atividade física.
  • Para ter uma barriga lisinha o ideal é manter-se longe dos alimentos que provocam gases, como as bebidas gasosas, por exemplo refrigerante e água com gás, alimentos fritos, pães, queijos, salames, presuntos, alimentos enlatados e alguns legumes como feijão. Reduzir o consumo de alimentos que causam retenção hídrica como o sódio encontrado nos presuntos, sal e nos alimentos prontos. Presuntos e alimentos prontos possuem conservantes e corantes que provocam inflamação.

Muito obrigado pela visita 🙂

Inchaço: como dizer tchau com pequenas mudanças no estilo de vida

By   março 13, 2017

Inchaço: como dizer tchau

Adeus inchaço: pequenas mudanças no estilo de vida para não sentir-se inchado(a) 

Inchaço

Inchaço

Como dizer tchau ao inchaço

Gestos simples, como beber muita água, ajudam a prevenir a retenção hídrica.

Você já teve a sensação de pesar o dobro do que a balança mostrava? Já sentiu o desconforto de não conseguir calçar o sapato que colocou de manhã porque os pés estavam inchados? Estes são alguns dos distúrbios causados pela retenção de líquidos, um sintoma comum em doenças que causam variações hormonais, como o hipotireoidismo. Este problema pode ser evitado com mudanças simples como fazer atividade física e repousar com as pernas elevadas.

Apresento sete mudanças no estilo de vida que ajudam a combater a sensação de inchaço:

  • Comer menos sal:

    O inchaço existe porque o sódio do sal evita que a água saia do corpo resultando na retenção hídrica. Assim é melhor não adicionar sal nas refeições preparadas em restaurantes e colocar pouquíssimo sal aos alimentos feitos em casa. Além disso, os alimentos que se encontram prontos no supermercado e os embutidos contém tantíssimo sal.

  • Fazer atividade física: 

    Uma das principais causas da retenção hídrica é a má circulação sanguínea. Portanto fazer atividade física é muito importante porque promove a contração e o relaxamento dos músculos do corpo, estimulando as veias a levar o sangue até o coração. Além disso, fazer atividade física ajuda a controlar o peso porque o sobrepeso impede a circulação sanguínea normal.

  • Mudar de posição: 

    As pessoas que trabalham na mesma posição por muito tempo tendem a ter as complicações da retenção hídrica. Se é impossível evitar ficar sentado na frente do computador ou em pé para receber os clientes, por exemplo, ninguém é obrigado a ficar parado o tempo todo. Faça pausas breves, caminhe um pouco e, se possível, faça um alongamento. Algumas empresas jà se deram conta como este estímulo é importante e pode até mesmo aumentar a produtividade dos empregados e por isso começaram a oferecer a ginástica laboral.

  • Repousar com as pernas elevadas: 

    Se a sensação de inchado permanece depois de fazer pequenas pausas durante o dia, uma estratégia pode ser repousar com as pernas elevadas. Basta colocar uma almofada embaixo das pernas antes de deitar para estimular a circulação sanguínea dos membros inferiores. Esta posição também melhora o funcionamento dos rins, que filtram o sangue e produzem a urina.

  • Massagear as pernas: 

    Quem tem a atitude de hidratar o corpo com creme, mesmo sem saber, já está combatendo a retenção hídrica porque quando se passa um creme na pele se faz uma massagem para espalhar e assim se estimula a circulação sanguínea. O resultado é ainda melhor se tem cânfora ou mentol no creme porque estas substâncias melhoram a circulação.

  • Evitar utilizar roupas estreitas: 

    O uso de roupas muito estreitas é moda entre as mulheres, em particular o jeans. Se os minutos precedentes a chegada em casa são caracterizados por desconforto e desespero por mudar de roupa talvez é o momento de renovar o guarda-roupas. Também deve-se prestar muita atenção nas meias porque a parte do corpo que mais retém líquidos são as extremidades.

  • Beber água: 

    Se você pensa que beber água favorece a retenção hídrica, você está enganado. Ao contrário, a água estimula o funcionamento dos rins aumentando a produção de urina, melhorando a circulação e ajudando a eliminar as toxinas do corpo. Beber bebidas diuréticas como infusão de menta também faz muito bem.

 Muito obrigado pela visita…

Home page Ho’omaluhia

Atividade física de manhã cedinho – deixe a preguiça de lado

By   março 8, 2017

Atividade física de manhã cedinho

Da onde tirar forças para fazer atividade física antes do trabalho

Se o único tempo que você tem livre para fazer atividade física é de manhã, leia este artigo e descubra como deixar a preguiça de lado e transformar o objetivo em hábito.

Atividade física de manhã cedinho

Atividade física de manhã cedinho

Estudo, trabalho, compromissos com os amigos… tantas coisas para fazer em tão pouco tempo e os cuidados com o corpo são deixados de lado. E quando menos nos damos conta, a academia foi paga por meses sem ter sida frequentada nenhuma vez. Esta situação parece familiar? Estas sugestões podem  te ajudar a mudar a triste situação descrita porque são para pessoas que precisam levantar-se cedo e farem atividade física nas primeiras horas da manhã…

  • Organizar o sono: Dormir bem é importante como fazer exercícios para quem quer entrar em forma. Então, se você precisa acordar cedo, procure dormir cedo porque a quantidade de horas de sono recomendada para os adultos é de sete-oito horas por noite.
  • Planificar os horários dos treinos: Escrever os planos dos exercícios em um papel, na agenda, no computador ou em um aplicativo no celular. Quando escrever os horários e o tipo de atividade física a fazer, escrever como se fosse uma receita médica.
  • Eliminar os obstáculos: Pensar que quando se acorda é necessário estar pronto em 10 minutos ou menos. Então deve-se deixar as roupas separadas, colocar a água na garrafinha que vai levar junto, as meias junto aos sapatos, o café-da-manhã e o lanche para depois do treino preparados. Tudo isto na noite anterior antes de ir dormir. Se for preciso ir ao trabalho imediatamente após a atividade física, deixar também uma bolsa com as roupas para o dia inteiro. Pois tudo que será preciso fazer de manhã é vertir-se, pegar a alimentação e a bolsa e sair.
  • Ir a pé até a academia / utilizar as escadas do edifício: É extremamente importante não fazer exercícios físicos pesados após acordar e um exercício aeróbico leve é recomendado como aquecimento.
  • Chamar os amigos: Se um amigo está esperando na academia, a possibilidade de mudar de ideia e não ir é muito menor. E o treinamento torna-se mais divertido se tem alguém com quem se pode conversar.
  • Quem não tem nenhum amigo na academia deve investir em uma potente playlist.
  • Obter uma recompensa quando tiver completado o treinamento: Fazer alguma coisa que dê prazer depois do treinamento como tomar um smoothie saudável ou um chocolate meio amargo faz com que o cérebro se habitue a esperar a recompensa depois do treinamento. Funciona que acordar cedo e fazer atividade física se torne mais agradável.

Muito obrigado pela visita!

Home page Ho’omaluhia

Cabelos saudáveis e fortes para não caírem mais

By   março 8, 2017

Vocês sabem que até mesmo a dieta interfere na aparência do cabelo? Utilizar o xampú certo, cuidar do couro cabeludo, evitar o estresse, escolher a escova certa e fazer mais atividade física são algumas das atitudes que ajudam a reforçar o cabelo e prevenir a queda.  capelli

Dez comportamentos que reforçam o cabelo e evitam a sua queda:

  • Descubra agora como ter cabelos mais saudáveis e belos.
    • Manter os cabelos sempre limpos: Os cabelos não caem porque estamos lavando demais o couro cabeludo mas sim porque já é o seu momento de cair, independentemente de serem lavados ou não. Quando não se lava o cabelo para não ver a sua queda no chuveiro, estamos deixando o couro cabeludo sujo por mais tempo. Este comportamento pode apenas favorecer e agravar a perda de cabelo.
    • Utilizar a escova errada: Até a escova pode danificar o cabelo, deixando aquele aspecto de cabelo quebrado. Aquelas que tem esferas nas pontas para massagear o couro cabeludo, protegem o couro cabeludo e fornecem uma maior leveza para desembaraçar os fios.
    • Reduzir o estresse: Estudos demostram que tantas pessoas que se lamentam de queda de cabelo têm ou tiveram algum tipo de estresse que pode ter sido a causa da perda de cabelo.
    • Fazer atividade física: A prática de atividade física libera endorfina que reduz o estresse e como consequência a perda de cabelo.
    • Não amarrar os fios ainda molhados: Fazer uma vez de vez em quando não tem problema. Mas pensar em domar o volume do cabelo com um belo rabo-de-cavalo é como assinar um certificado de raiva permanente. Manter o couro cabeludo banhado por muito tempo faz aumentar os fungos e a caspa, enfraquecendo a raiz e provocando a queda dos fios. Utilizar um creme sem enxágue e evitar o vento enquanto o cabelo ainda não está seco são medidas mais que suficientes para prevenir cabelo volumoso e indisciplinado.
    • Prestar atenção ao couro cabeludo: Muitas pessoas que se queixam de queda de cabelo tem ou tiveram caspa ou descamação, feridas, dores ou coceira no couro cabeludo.
    • Evitar o álcool e o fumo: A ingestão de álcool faz aumentar a produção de radicais livres no corpo. Os radicais livres causam inflamação em alguns tecidos como é o caso do couro cabeludo. Qualquer inflamação pode promover o aumento da queda de cabelo. Além disso, o álcool sozinho já tem a capacidade de deixar o organismo cansado porque exige um esforço maior para metabolizar o etanol. O metabolismo cansado é um dos fatores que podem levar a perda de cabelo. Também se deve evitar o fumo porque é cientificamente provado que o fumo produz radicais livres no organismo facilitando a perda de cabelo.
    • Ficar longe da ansiedade: Os cabelos não se recuperam da noite ao dia. Ficar na frente do espelho desesperadamente a procura de novos cabelos não ajuda nada. Ao contrário, só faz piorar as coisas porque a ansiedade atua como o estresse aumentando a perda de cabelo.
    • Prestar atenção ao que se come: A alimentação é essencial para reforçar o cabelo e para estimular o seu crescimento. Alguns nutrientes específicos como os minerais (zinco, selênio, cálcio, silício e ferro), vitaminas (E, C e do complexo B), proteínas e cereais integrais têm propriedades que funcionam nos cosméticos mas a principal vantagem é quando estão presentes nos alimentos.
    • Usar chapinha no cabelo molhado: É um erro tão grave que os efeitos são vistos imediatamente. O cabelo é atacado profundamente, queimado, quebrado e os fios começam a cair. O único jeito de resolver é cortar. Antes de usar a chapinha nos cabelos, você deve secar muito bem os fios porque eles não podem nem estarem úmidos.

Muito obrigado pela visita…

Celulite: muito mais que um problema no verão

By   março 6, 2017

Celulite

A celulite é esquecida no inverno mas basta chegar o verão que as mulheres começam a enlouquecer pensando em colocar o biquini mostrando a celulite. 

Os tratamentos mais utilizados para diminuir a celulite são o ultrassom e a radiofrequencia.

celulite

A celulite pode ser por variações hormonais, uso de contraceptivos, genética, problemas circulatórios ou outros motivos.

Para melhorar esta situação é preciso fazer uso de uma dieta equilibrada, atividade física contínua porque fazer atividade física em um único dia não ajuda nada. Também é importante manter o peso sob controle portanto não pense que os tratamentos farão milagres, o essencial é mudar o estilo de vida.

Deve-se saber que a celulite não pode ser eliminada e sim apenas reduzida porque se trata de uma doença crônica e progressiva. Mais importante que a redução é a prevenção! Ter uma vida organizada e uma alimentação saudável ajuda a ser mais bonita e não apenas isto, faz muito bem para a saúde. Deve-se lembrar sempre que não existe nada mais importante que isto!

O modo mais econômico e eficaz para reduzir a celulite é ter uma alimentação saudável. É como a frase famosa: “Você é o que come”:

    • Frutas: uva, açaí, cereja, jabuticaba e mirtilo são ricas em antioxidantes que protegem a pele dos efeitos dos radicais livres. A propriedade antinflamatória do ácido elágico presente no romã é importante para a regeneração da epiderme e para a proteção da flexibilidade dos vasos sanguíneos.
    • Verduras: rabanete, brócolis, berinjela, couve-flor e alho ajudam na eliminação das toxinas.
    • Alimentos termogênicos: gengibre, canela, chá verde e pimenta preta aumentam o consumo energético do corpo contribuindo para queimar as gorduras e acelerar o metabolismo porque aumentam a temperatura corpórea queimando calorias e aumentando a circulação.
    • Diuréticos naturais: melancia, pepino, melão, limão e chá branco ajudam a eliminar os líquidos reduzindo as medidas do corpo e a celulite.

Muito obrigado pela visita…

Tornozelos e pés inchados – dicas de ouro para dizer adeus a este problema

By   março 5, 2017

Tornozelos e pés inchados

Tornozelos e pés inchados

Tornozelos e pés inchados

Alguns dias atrás, caminhavo na rua e, por acaso, escutei duas senhoras que conversavam. Uma perguntou para a outra o que poderia fazer com seus tornozelos e pés inchados. Este é um problema que pode acontecer com qualquer pessoa, e com o envelhecimento o risco aumenta. A primeira coisa a fazer é não se assustar e fazer pequenos ajustes no estilo de vida. Comportamentos simples durante o dia fazem muita diferença e os resultados são visíveis em poucos minutos.

Tornozelos e pés inchados

No início, normalmente, os sintomas  aparecem apenas de noite, mas conforme o tempo passa, o inchaço dos pés e dos tornozelos pode ser observado em diversos momentos do dia. Algumas vezes, o inchaço dos membros inferiores atinge até as pernas. Não se deve assustar porque a vida continua, mas este inchaço é o resultado de uma má circulação sanguínea e por este motivo, é preciso um pouco de atenção. A mulheres com problemas hormonais são as que mais sofrem com o inchaço dos pés e dos tornozelos. Muitas vezes, a má circulação sanguínea é devida a permanência de um longo período na mesma posição, sentado ou em pé. Mas os motivos podem ser mais preocupantes como as veias varicosas, as doenças cardíacas e renais e as osteoartrites. Mas o que se deve fazer para prevenir ou controlar o inchaço dos pés e dos tornozelos?

  • Manter uma rotina de sono. 8 horas de sono são recomendadas durante a noite.
  • Deitar-se relaxadamente colocando as pernas em altura ligeiramente superior ao restante do corpo (não muito elevadas, basta um pouco acima do nível do coração). Uma almofada baixa é o apóia-pés perfeito.
  • Ainda deitado, exercitar os pés e os tornozelos fazendo movimentos de contração. Estes movimentos ajudam o sangue a retornar mais rapidamente.
  • Utilizar pouco sal nos alimentos porque o sal contribui para a retenção de líquidos no corpo.
  • De noite, antes de dormir, colocar os pés em uma bacia com água morna e sal porque o sal reduz o inchaço. Uma alternativa mais eficaz pode ser obtida colocando também vinagre. Para ajudar a relaxar, pode-se colocar camomila junto com o sal. A essência liberada das flores de camomila relaxa e faz bem para a pele, além de ser é um ótimo anti-inflamatório que ajuda a reduzir o inchaço.
  • Se os sintomas persistirem com as medidas adotadas deve-se visitar o médico para conhecer as causas e seguir o tratamento mais apropriado.

Muito obrigado pela visita 🙂

Glúteos: sete métodos infalíveis para exercitá-los

By   fevereiro 22, 2017

Sete métodos infalíveis para exercitar os glúteos

Hoje sugiro a vocês como exercitar os glúteos sem nem perceber!

Pode-se trabalhar os músculos dos glúteos jogando voleibol, patinando e dançando. glúteosOs exercícios para os glúteos são o terror das mulheres que frequentam as academias e tendem a ser muito desconfortáveis e repetitivos, mudando apenas a intensidade do treinamento com o tempo de prática. Hoje sugiro a vocês como exercitar os glúteos sem nem perceber! Como? Fazendo esportes que requerem esforço físico dos membros inferiores e incluem abaixamentos e saltos. Vejamos sete opções para fugir da rotina:

  • Pilates: O pilates ajuda a tonificar a musculatura através de exercícios de contração. A utilização da bola torna o treinamento mais suave e dinâmico, além de poder ser praticado por pessoas de todas as idades, uma boa alternativa para quem possui alguma limitação física devido a idade mas tem vontade de manter a boa forma.
  • Balé: Até mesmo os exercícios de base do balé exercitam os músculos dos glúteos porque a bailarina precisa deixar os glúteos contraídos para manter a postura ereta e para ter equilíbrio. A melhor parte é que como estes movimentos fazem parte de uma coreografia, o esforço investido passa despercebido.
  • Escalada: A escalada é uma atividade que utiliza vários músculos incluindo os glúteos porque utiliza movimentos de abaixamento, subida e descida, como em uma aula de step baseada em sustentar o próprio peso. A escalada estimula o raciocínio, a confiança e a vontade de superar os limites. Este trabalho mental torna mais leve o trabalho físico!
  • Caminhada com inclinação: Uma simples caminhada ou corrida exercita os glúteos porque para fazer um passo deve-se estender a perna posterior, naturalmente contraindo os glúteos. Se a caminhada ou a corrida é feita com inclinação, subindo uma colina por exemplo, o resultado é mais intenso. Também pode-se subir e descer escadas 🙂
  • Danças populares: As danças populares exercitam os músculos dos glúteos porque são feitas de saltos e abaixamentos. A alternância de momentos de poucos movimentos com momentos de muitos movimentos pede um grande esforço dos membros inferiores e dos glúteos. O prazer da dança suprime a sensação de desgaste físico que é muito comum na musculação.
  • Voleibol, basquetebol e handebol: Uma vez que os exercícios para os glúteos são baseados em abaixamentos e em saltos, os esportes com tais características podem ser uma alternativa para quem não gosta de fazer musculação.
    • No voleibol, o praticante fica abaixado para receber a bola e salta para bloquear.
    • No basquetebol, salta para alcançar a bola e acerta a cesta.
    • No handebol, o time passa a maior parte do tempo correndo e saltando para atirar a bola no gol.
  • Patinação: A patinação exige coordenação, equilíbrio e foça dos membros inferiores porque cada movimento exercita os músculos das pernas, abdômen e glúteos. Para que o treinamento seja eficaz, deve ser feito duas vezes na semana por 45 minutos cada vez. Nas primeiras vezes, o patinador sentirá muita dor até mesmo por não saber como distribuir o peso entre as rodas até quando será mais experiente e os resultados serão satisfatórios.