Como começar a estudar duas ou mais línguas estrangeiras ao mesmo tempo?

Como eu faço para começar a estudar ao mesmo tempo italiano e francês? (Ou italiano e inglês?) se eu nunca estudei nenhuma dessas duas línguas antes na minha vida?

Quanto estudar uma língua estrangeira pode ser difícil?

Hoje iremos ver as respostas para essas duas perguntas! Olá, seja bem vindo ao blog Ho’Omaluhia e a Escola de Italiano para Brasileiros. Eu sou a professora Cristiane e hoje estarei respondendo as duas perguntas mais solicitadas na semana passada.

Além de professora de italiano, eu também estudo diversas línguas estrangeiras porque eu gosto muito de viajar e tenho alunos de diversas nacionalidades.

Domingo passado, eu estava estudando grego e vou compartilhar um pouquinho com você como eu faço para estudar sozinha, que metodologia eu uso. Você pode estudar italiano, francês, inglês, espanhol, qualquer língua usando a mesma metodologia.

Muitos alunos começam a estudar o italiano mais uma segunda ou terceira língua, por exemplo, o francês, o inglês, o árabe mas nunca tiveram uma oportunidade de entrar em contato com falantes dessas línguas anteriormente.

Sempre oriento esses alunos a estudar uma língua diferente por semana para não “misturar” as palavras, por exemplo.

Isso me recorda quando cheguei na Itália para fazer o mestrado, a maioria dos meus colegas falava fluentemente espanhol enquanto eu apenas arranhava em algumas frases desconexas. Isso foi muito difícil para mim porque eu precisei me isolar da turma e “cortar” todo e qualquer contato com a língua espanhola para não prejudicar os meus estudos de italiano.

Porém, eu continuava me comunicando normalmente em francês que é outra língua estrangeira que eu já tinha adquirido um certo domínio, confiança e segurança no falar.

O que eu observei nessa mistura de línguas estrangeiras?

Observei que quando um aluno está começando os seus estudos e não se sente confortável em se comunicar em uma certa língua, a interferência das demais línguas semelhantes pode prejudicar os seus estudos.

Por isso, eu recomendo estudar uma língua diferente por semana, independente do número de horas e dias dedicados as estudos em modo a delimitar o contato com cada uma dessas línguas.

Já o aluno que consegue se comunicar sem problema em uma dessas línguas, pode adicionar mais uma língua para ser estudada durante a sua semana sem “arriscar” que o aprendizado de uma nova língua interfira na sua comunicação nas línguas já aprendidas ou “dominadas” mesmo que em processos de melhoramento e estudos contínuos.

Vamos ver como eu estou estudando a língua grega? Lembrando que eu estudo outras línguas apenas uma vez por semana, de 15 a 20 minutos, no domingo de manhã quando eu acordo.

Para estudar grego atualmente (eu já morei um tempo na Grécia) utilizo canais no YouTube mas não “consumo” o “material” que a plataforma me recomenda.

Organizo os meus estudos de forma metodológica seguindo um plano como se frequentasse uma escola. Se você também estuda sozinho italiano, francês, inglês, qualquer língua estrangeira e quer aprender como tirar o melhor proveito do material gratuito disponível no YouTube, siga essas dicas (clica aqui) que já expliquei direitinho aqui no blog como você faz para estudar sozinho na sua casa com os vídeos do YouTube.

Grego é diferente de todas as outras línguas que eu já estudei até este momento. Primeiro, porque tem um alfabeto muito diferente (não escrevemos utilizando o mesmo alfabeto que usamos em português, espanhol, inglês, francês, alemão e tantas outras línguas.

Mas, isso não torna o aprendizado mais difícil, apenas diferente e muito mais divertido. Aprender uma língua estrangeira é como entrar em um jogo!

As línguas grega e italiana apresentam diversas semelhanças no falar. Então, sendo italiana, eu já tenho uma grande vantagem.

Eu escolho um assunto para me dedicar durante aquela semana. Domingo passado, foi meios de transporte que é um assunto importante para qualquer viajante. Procuro vídeos no YouTube (as melhores opções são sempre para estudantes que já conhecem o inglês), escolho um vídeo “sério” (não vídeos divertidos no formato TikTok. O vídeo que escolhi domingo passado foi de um professor que mostrava como utilizar o transporte coletivo em Atenas. Ele falava grego muito rapidamente e eu não entendi nem metade das palavras que ele disse. Mas, isso não foi um problema, contrariando o que a maioria dos alunos iniciantes está sempre se lamentando, esse tipo de material educativo acelera o aprendizado estimulando a pensarmos mais rapidamente e nos força a querer entender o que está sendo falado. Eu assisti esse vídeo 2 vezes, e depois assisti mais 3 vezes lendo as legendas em grego para treinar o entendimento da pronúncia e das palavras. Assisti mais 2 vezes repetindo todas as palavras e frases, copiei a legenda no meu caderno de grego e li o texto em voz alta por 3 vezes. Assisti o vídeo mais 2 vezes lendo a legenda em inglês, copiei o texto para outra página do caderno e analisei o que estava escrito com a ajuda da tradução em inglês.

Você já estudou assim?

Como você estuda?

Responda essas perguntas no espaço para comentários no final do post para começarmos uma discussão e encontrarmos juntos a melhor maneira de estudarmos uma língua estrangeira.

Te desejo bons estudos, te deixo um super abraço e até a nossa próxima aula. Ciao!

Para receber as aulas gratuitas por e-mail ou WhatsApp, marcar aulas particulares ou se inscrever no curso online pelo Skype, deixe uma mensagem no formulário aqui embaixo. 

close

Formulário de inscrição da 4 Jornada de Integração da Escola de Italiano para Brasileiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You cannot copy content of this page